quarta-feira, julho 01, 2015

sexta-feira, abril 24, 2015

Um coração que não nasceu - Parte I

Meu coração chora sangue!
Um dos meus maiores medos é morrer afogada, porém vejo-me sendo inundada cada vez mais em medos, angústias e fraquezas. Uma fobia descontrolada e cheia de cicatrizes e feridas não curadas, que começa a crescer em meu subconsciente, que suspira desesperadamente por libertação.
Um delírio, uma loucura, uma premonição.

Seguidores Google +